Sistema de Gestão da Qualidade – Princípios e benefícios

Por 4 de junho de 2018junho 15th, 2020Conteúdos de Parceiros, Gestão da Qualidade
Principios e beneficios do sistema de gestão da qualidade

As empresas fornecedoras de produtos e serviços se preocupam em entregar para os clientes o melhor da sua produção, isso é definido pela qualidade daquilo que oferecem. Mas esse controle não é aleatório, existe todo um Sistema de Gestão da Qualidade, com princípios e benefícios, que fiscaliza a matéria-prima, fabricação, distribuição, entre outros itens, indispensáveis ao fornecimento de um produto ou serviço de excelência.

Princípios e benefícios de um sistema de gestão

Foco no cliente

Satisfazer ao cliente deve ser o objetivo final das organizações uma vez que eles são a parte interessada dos negócios. Ter foco no cliente significa ter um bom atendimento e fornecer um produto ou serviço capaz de suprir as necessidades dos compradores.

Liderança

O líder é aquele que aponta a direção a ser perseguida pela equipe, é ele quem desperta nos membros o potencial existente em cada um – o líder atinge os objetivos por meio das pessoas. Por isso, ele deve ser uma figura proativa e inspiradora que saiba delegar e acompanhar os resultados.

Envolvimento das pessoas

Nem sempre é fácil transmitir os desejos dos gestores aos funcionários, no entanto é necessário envolver as pessoas da organização na missão e nos objetivos da empresa. É preciso comunicar, capacitar e educar as pessoas para os mesmos fins.

Abordagem por processo

A abordagem por processos se dá pelo caminho que o produto ou serviço percorre desde a sua fabricação até a entrega ao cliente. A organização se torna muito mais eficiente quando realiza suas atividades em processos bem definidos, desse modo é possível identificar exatamente o trabalho desempenhado por cada um, falhas e possíveis melhoras.

Melhoria contínua

Imagine como seria para um cliente perceber que adquiriu da mesma empresa produtos semelhantes em épocas diferentes sendo que o último adquirido tinha péssima qualidade. O cliente certamente não irá dizer que essa empresa mudou para melhor.
Portanto, organizações que não adotam a melhoria contínua através de algumas ferramentas, desrespeitam a gestão da qualidade e perdem seu lugar no mercado.

Tomada de decisões

As decisões não devem ser tomadas apenas pela intuição, um bom gestor verifica os ambientes externos e externos, consulta índices e faz previsões de futuro antes de tomar sua decisão. As fontes consultadas precisam ser confiáveis e seguras para levar o gestor a tomar o melhor caminho de raciocínio.

Relações com fornecedores

Os fornecedores são parte importante dos negócios uma vez que eles fornecem, na maioria das vezes, matérias-primas indispensáveis para a produção. Um bom fornecedor contribui para a qualidade do produto ou serviço prestado ao cliente. Então, manter uma relação positiva com os fornecedores tende a ser benéfico, pois a parceria sustentável do tipo “ganha-ganha” deixa ambas as partes satisfeitas com o negócio.


Implantar um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) na empresa traz benefícios como:

  • Aumento do Retorno sobre o Investimento (ROI);
  • Visibilidade positiva no mercado;
  • Satisfação dos clientes;
  • Aprendizagem e desenvolvimento de melhores práticas de qualidade;
  • Diminuição de falhas e gastos com retrabalho.

No contexto atual as organizações que se pautam pelos princípios da qualidade são capazes de se adaptar mais facilmente às mudanças e exigências do mercado. Manter um controle e desenvolvimento da qualidade é prezar pela sustentabilidade do negócio e o relacionamento com os clientes, fornecedores e investidores. 

%d blogueiros gostam disto: